Teste de gravidez de farmácia realmente funciona?

Compartilhe!

Quando a menstruação atrasa, sempre bate aquela dúvida: será que um bebê está a caminho? Nessas horas, a tentação de correr para comprar um teste de gravidez de farmácia é grande, mas você sempre tem dúvidas sobre a confiabilidade desse tipo de exame?

O post de hoje vai ajudar você a entender melhor como funcionam os testes de gravidez de farmácia e explicar em que casos ele pode falhar. Acompanhe e boa leitura!

Como funciona um teste de gravidez de farmácia?

O teste de farmácia detecta a gravidez medindo a quantidade de um hormônio chamado beta HCG, sigla usada para gonadotrofina coriônica humana, presente na urina.

Esse hormônio aumenta consideravelmente no corpo da mulher durante a gestação, razão pela qual também é conhecido como hormônio da gravidez.

É confiável fazer um teste de gravidez de farmácia?

Sim, o teste de gravidez de farmácia é bastante confiável, desde que seja realizado de maneira certa e no período correto.

O ideal é que a mulher faça o exame apenas a partir do primeiro dia de atraso menstrual. Se realizado antes desse prazo mínimo, existe a possibilidade de que o teste não detecte uma possível gestação, já que a quantidade de beta HCG no organismo pode ser ainda muito pequena.

Como fazer o teste de gravidez de farmácia?

Se possível, a mulher deve usar a primeira urina da manhã para realizar o teste, já que nela há uma maior concentração de hormônios. No entanto, o resultado também costuma ser bastante confiável ainda que realizado em outros períodos do dia.

A maneira de realização do teste de gravidez de farmácia pode variar um pouco de uma marca para outra. De maneira geral, é necessário urinar em um recipiente limpo e seco — que vem junto com o teste — e mergulhar nele uma fita com um reagente por alguns segundos. O resultado normalmente aparece entre 1 e 5 minutos depois. Na dúvida, siga sempre as instruções do fabricante.

O resultado deu negativo, mas a minha menstruação continua atrasada. E agora?

Nesse caso, você pode repetir o teste de gravidez de farmácia entre 3 e 5 dias depois. Se houver uma gestação em curso, os níveis do beta HCG estarão mais elevados e serão detectados facilmente.

Ainda que pouco comum, a possibilidade de um falso negativo existe. Isso pode acontecer por uma série de motivos:

  • o exame foi realizado antes do prazo mínimo;
  • você ingeriu líquido em excesso — nesse caso, a urina apresentaria um maior percentual de água, o que pode dificultar a detecção do hormônio;
  • você fez o exame pouco após o parto  —  nessa situação, o beta HCG pode demorar até 3 semanas para voltar aos níveis normais;
  • você está usando medicamentos para fertilidade que contenham o beta HCG;
  • você sofreu um aborto espontâneo ou induzido recentemente  —  nessas condições, o hormônio pode levar até 9 semanas para retornar aos níveis adequados.

Por isso, o mais indicado é que você marque uma consulta com um ginecologista de sua confiança. Esse profissional poderá, além de pedir um exame de sangue, que é mais seguro e preciso, investigar as causas do seu atraso menstrual se a gestação não se confirmar.

O resultado deu positivo, pode ser que esteja errado?

Ainda que exista a possibilidade que um teste de gravidez de farmácia apresente um falso negativo, ele muito raramente apresentará um falso positivo. Em geral, o índice de confiabilidade desse tipo de exame é de 99%.

Falsos positivos em testes de gravidez de farmácia normalmente só costumam acontecer por utilização incorreta do produto ou por material com validade vencida. Outra possibilidade, também bastante rara, é a chamada gravidez química, condição que leva o corpo feminino a produzir o beta HCG mesmo quando não há gestação em curso.

Como você pode perceber, o teste de gravidez de farmácia apresenta alta confiabilidade. No entanto, se você quiser um resultado ainda mais seguro, pode realizar um exame de sangue.

O resultado costuma sair poucas horas após a coleta e o exame pode ser realizado com total confiabilidade a partir da primeira semana após a relação sexual desprotegida, ainda que a menstruação não esteja atrasada.

Em qualquer um dos casos, no entanto, é importante sempre consultar um ginecologista de sua confiança, para que ele possa orientá-la sobre os próximos passos caso a gravidez se confirme ou investigar os motivos que levaram sua menstruação a atrasar.

Gostou de entender um pouco mais sobre como funcionam os testes de gravidez de farmácia? Se você ainda tem dúvidas sobre o assunto, mande sua pergunta para nós!


Compartilhe!